Um negócio digital combina com todas as mais modernas tecnologias de pagamento – cartões de crédito, de débito, plataformas de pagamento online, acesso bancário pelo celular e até os bitcoins.

Alguns destes meios nasceram justamente da necessidade do e-commerce de oferecer aos clientes formas de pagamento tão instantâneas quanto o processo de comprar em seus sites.

Mas será que os cheques são uma forma de pagar que não tem espaço no comércio digital? É possível aceitar cheques em um negócio digital? Vamos falar um pouco sobre esta possibilidade – ela existe.

Para aceitar cheques em um negócio digital, é preciso conhecer o cliente

Conhecermos o nosso cliente a fundo é obrigatório em todas as estratégias do negócio, mas também é importante para definir se a venda com cheques pode ser um diferencial para alavancar vendas.

Em pequenos negócios ou no comércio popular, e em algumas regiões onde a infraestrutura de comunicação de dados é deficiente, o pagamento online ou com cartões sofre com a desconfiança dos consumidores e os cheques ainda são uma forma segura.

Essas e outras condições – como idade, classe social – podem ajudar a entender o consumidor do seu produto e ver ganhos em oferecer pagamentos com cheques.

Outro ponto muito importante é definir um cadastro dos clientes, com dados atualizados para que eles possam comprar com cheque com mais rapidez e segurança para o seu negócio.

Para aceitar cheques em um negócio digital, é preciso ter um processo seguro

Vender com recebimento em cheques não é um processo simples. Ele exige alguns cuidados, já que é uma forma de pagamento cujo risco é totalmente do negócio – e não de financeiras, como o caso dos cartões de crédito, por exemplo.

  • Defina uma lista mais abrangente possível – e com o cuidado de não ser burocráticas – de documentos que seus clientes devem fornecer para que seja feito um cadastro a ser pesquisado a cada venda;
  • Conforme os tipos de entrega das mercadorias que você definiu para o negócio, você poderá aceitar que o cliente pague com cheque ao receber a mercadoria ou você terá um funcionário para coletar cheques;
  • Defina uma rotina de análise dos documentos e sites de pesquisa sobre restrições de crédito e principalmente de histórico de cheques devolvidos e os motivos;

Para aceitar cheques em um negócio digital, é preciso conceder vantagens

Muitas vezes, o seu negócio pode atuar em localidades onde os consumidores ainda usam muitos os cheques para pagamentos de compras presenciais. Ou seja, você tem uma concorrência física.

É importante avaliar que vantagens competitivas você pode dar para ganhar estas vendas onde, muitas vezes, você já tem um preço melhor por ser um negócio online.

  • Parcelamento com cheques sem juros – para enfrentar os de cartões tanto no prazo quanto nos juros;
  • Preços melhores pela ausência das taxas das administradoras de cartões.

 

Como podemos ver, implantar o pagamento com cheques pode alavancar o seu negócio, mas envolve custos e mudanças de logística e atendimento que precisam ser avaliadas.

Para aceitar cheques em um negócio digital, é preciso ter alguns cuidados

Além dos cuidados e estratégias para definir seus clientes para venda com cheques, é importante ter alguns cuidados extras.

  • Examinar detalhes de preenchimento – divergência de valor por extenso com o numérico, data inválida, cheque rasurado;
  • Não aceitar cheques de terceiros;
  • Conheça os motivos de devolução de cheques e quais as ações para cada caso. Os motivos mais conhecidos são 11 e 12 (insuficiência de saldo), 20 (cancelamento por perda ou roubo), 21 (cheque sustado) e 22 (divergência de assinatura). Se você vai aceitar cheques como forma de pagamento, saiba como proceder caso tenha um cheque devolvido motivo 22 por exemplo.

 

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *