À medida que o desenvolvimento de novas tecnologias e ferramentas do mundo digital foram surgindo, maiores ficaram as possibilidades de vender seu produto ou serviço na grande rede.

O Desenvolvimento de Aplicativos é a revolução mais recente, (praticamente) nada escapa a um simples programa que negocie um produto ou serviço sem fronteiras.

Comprar uma peça de carro ou um automóvel pelo clique em um celular é uma rotina. Mas vamos falar de 5 serviços que com a modernidade deixaram de ser oferecidos apenas presencialmente.

Virou digital 1: Cursos

Este é um segmento de negócio físico que certamente relutou muito em migrar para o formato digital.

Existia muita resistência em permitir que a modernidade alcançasse um meio tão tradicional da sociedade e onde as intensas relações sociais presentes eram uma bom argumento contrário ao que hoje é uma realidade que conhecemos como Ensino a Distância.

Todos os cursos técnicos, de especialização e as graduações de ensino superior já oferecem opções online, onde o custo é muito menor para as instituições – só precisam gravar uma sequência de aulas presenciais ou não e publicar o material em formato digital.

O resultado é altamente positivo: milhões de pessoas fazendo cursos online com a flexibilidade de horário que não tinha para ir aos locais e um custo muito menor.

Virou digital 2: Alimentação

Este nicho encontrou na vida corrida e sem tempo das pessoas, e no gosto pela comodidade, o cenário ideal para unir as estratégias digitais. Alimentação é um produto com público perene.

Hoje temos não só restaurantes e lanchonetes, dos renomados de São Paulo aos mais simples em pequenas cidades, vendendo através de seus sites/blogs, mas também aplicativos como o iFood que permitem a escolha através da combinação de dados do cliente e do produto desejado.

Virou digital 3: Transporte

Esta, se não é a mais abrangente – o ramo de alimentos sem dúvida for o maior – é a mudança mais surpreendente e radical na forma de vender serviços na internet.

A Uber protagonizou o movimento de contratação de transporte pro aplicativo, pela busca de motoristas disponíveis na região do usuário. Mas foi além: criou a própria frota de associados, com carros de passeio ao invés dos tradicionais taxis, instituiu o pagamento com cartão de crédito e a tarifa fechada, estes dos itens muito desejados pelos usuários, pela segurança que dão.

O serviço expandiu mundialmente, provocou muita discussão (e brigas), novas empresas surgiram e até mesmo os taxis criaram aplicativos próprios.

O bom e velho jeito de pedir taxi continua existindo, mas a modernidade garante que mais pessoas, todos os dias, prefiram o conforto do celular para se locomover.

Virou digital 4: Empréstimos

Este é um segmento relativamente novo no mundo digital, mas que alcança crescimentos impressionantes – contratar empréstimo pela internet.

Esta novidade surgiu na Europa há alguns anos, com diversos investidores vendo mais lucros ao emprestar dinheiro para startups do que mantendo em aplicações.

No Brasil o mercado cresce, com empresas independentes e outras associadas a bancos, que com suas estruturas muito reduzidas e atendimento totalmente online, podem se diferenciar com taxas de juros menores e mais rapidez no processo.

E estão vencendo a desconfiança do negócio pela internet, principalmente nos tempos difíceis de pouco crédito bancário e alto desemprego.

Virou digital 5: Aluguel de Imóveis

Outra grande revolução que mexeu com a estrutura do segmento de hotéis e pousadas é a possibilidade de alugar imóvel através de aplicativo, como ocorre com o Airbnb.

É uma grande rede onde pessoas podem oferecer os próprios imóveis para estadias por temporárias, às vezes até mesmo um cômodo na própria residência. As tarifas são muito menores que as diárias de hotéis e pousadas e tudo é resolvido eletronicamente. Este serviço visa as estadias de turismo

Paralelo a isso, diversas empresas do mercado imobiliário viram no mundo digital a oportunidade de oferecer seus produtos com uma visibilidade muito maior e uma captação mais qualificada de clientes – demonstraram interesse no site/blog ou redes sociais da empresa. Veja esse ótimo exemplo da Imobiliária Lançamentos RJ.

 

Neste artigo, espero ter mostrado as potencialidades do mundo digital para diversos segmentos de serviços. Não há limite para o sucesso na grande rede.

 

 

 

 

 

 

 

 

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *