Ficamos curiosos sobre o que os profissionais de negócios pensavam sobre marketing. Analisamos os resultados da pesquisa recente e os relatórios que compilaram os dados sobre o tópico e criamos uma lista de 10 estratégias de marketing B2C comumente reconhecidas como bem-sucedidas, independentemente do setor.

Veja o que encontramos, sem uma ordem específica:

 

Cause Marketing  – Marketing de Causa

O marketing de causas é um esforço cooperativo entre uma empresa com fins lucrativos e uma organização sem fins lucrativos para promover e beneficiar-se mutuamente de causas sociais e de caridade.

O marketing de causa não deve ser confundido com doações corporativas, que estão vinculadas a doações dedutíveis de impostos específicas feitas por uma organização. As relações de marketing de causa são bens úteis e asseguram que seus clientes compartilham seu desejo de tornar o mundo um lugar melhor.

Direct Selling  – Venda Direta

A venda direta realiza exatamente o que o nome sugere – comercializando e vendendo produtos diretamente aos consumidores.

Nesse modelo, os agentes de vendas criam relações face-a-face com indivíduos, demonstrando e vendendo produtos fora dos ambientes de varejo, geralmente na casa de um indivíduo.

Os três principais vendedores diretos em 2015 são Amway, Avon e Herbalife.

Cobranding & Affinity Marketing  – Marketing de Colaboração e Afinidade

O co-branding é uma metodologia de marketing em que pelo menos duas marcas se unem para promover e vender um único produto ou serviço.

As marcas emprestam credibilidade coletiva para aumentar a percepção do valor do produto ou serviço, para que os consumidores estejam dispostos a pagar mais no varejo.

Secundariamente, o co-branding pode dissuadir os fabricantes de rótulos privados de copiar o produto ou serviço.

Earned Media – Mídia Conquistada

A mídia ganha (ou mídia livre) é publicidade criada através de outros esforços que não publicidade paga.

Pode ter uma variedade de formas – um depoimento de mídia social, boca a boca, uma menção de televisão ou rádio, um artigo de jornal ou editorial – mas uma coisa é constante: a mídia ganha não é solicitada e só pode ser obtida organicamente.

Não pode ser comprado ou possuído como publicidade tradicional.

Point-of-Purchase Marketing – Marketing de Ponto de Compra

O marketing de ponto de venda (ou marketing POP) vende para um público cativo – aqueles compradores já na loja e prontos para comprar.

Exibições de produtos, cupons na embalagem, locutores de prateleiras que aproveitam os benefícios do produto e outros chiados que chamam a atenção, muitas vezes influenciam as decisões de compra na prateleira, tornando a oferta simplesmente boa demais – e visível demais – para deixar passar.

Internet Marketing – Marketing de Internet

O marketing na Internet, ou marketing on-line, combina web e e-mail para anunciar e impulsionar as vendas de comércio eletrônico.

As plataformas de mídia social também podem ser incluídas para alavancar a presença da marca e promover produtos e serviços. No total, esses esforços são normalmente usados ​​em conjunto com formatos tradicionais de publicidade, como rádio, televisão e impressos.

Paid Media Advertising – Publicidade de Mídia Paga

A mídia paga é uma ferramenta que as empresas usam para aumentar o tráfego do site por meio de publicidade paga.

Um dos métodos mais populares é o de links de pay-per-click (PPC). Essencialmente, uma empresa compra ou patrocina um link que aparece como um anúncio nos resultados do mecanismo de pesquisa quando palavras-chave relacionadas ao seu produto ou serviço são pesquisadas (esse processo é comumente conhecido como marketing do mecanismo de pesquisa, ou SEM).

Toda vez que o anúncio é clicado, a empresa paga ao mecanismo de pesquisa (ou outro site host de terceiros) uma pequena taxa para o visitante – um pagamento por clique literal.

Word of Mouth Advertising – Propaganda Boca a Boca

A propaganda boca-a-boca é gratuita, orgânica e tão poderosa, porque aqueles que têm coisas boas a dizer sobre o seu produto ou serviço geralmente não têm nada a ganhar com isso além de compartilhar boas notícias.

Uma recomendação de um amigo, colega ou membro da família tem credibilidade embutida e pode estimular dúzias de leads que antecipam experiências positivas com a sua marca.

É importante notar que a palavra da boca não é estritamente verbal. Alavancar avaliações e opiniões online são igualmente eficazes para espalhar a palavra.

Social Networks and Viral Marketing – Redes Sociais e Marketing Viral

O marketing de mídia social se concentra em fornecer aos usuários conteúdo que eles consideram valioso e que desejam compartilhar em suas redes sociais, resultando em maior visibilidade e tráfego.

As ações de mídia social de conteúdo, vídeos e imagens também influenciam os esforços do Search Engine Optimization (SEO), pois muitas vezes aumentam a relevância nos resultados de pesquisa nas redes sociais como Facebook, Twitter, YouTube e Instagram e nos mecanismos de busca como Google e Yahoo.

Storytelling – Narrativa

A narrativa de marca usa um formato de comunicação familiar para envolver os consumidores em um nível emocional.

Em vez de apenas citar fatos e números, a narrativa permite que você desenvolva uma história memorável sobre quem é sua empresa, o que você faz, como resolver problemas, como valoriza e como se engaja e contribui com sua comunidade e com o público em geral.

 

Tanto quanto a escolha da estratégia, o planejamento para atingir os objetivos com ela também é fundamental.

Neste ponto, o Plano de Marketing é a ferramenta que será a base de todo este planejamento.

 

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *